Suíno: animal vivo segue com altas nos preços



O suíno vivo segue com altas nas cotações. De acordo com análise da Scot Consultoria, início do mês e o consequente recebimento dos salários, o pagamento dos auxílios emergenciais fornecidos pelo governo devido à pandemia de Covid-19 e o Dia das Mães ajudaram no escoamento.

Em São Paulo, de acordo com a Scot Consultoria, a arroba do suíno CIF ficou estável em R$ 82/R$ 85, enquanto a carcaça especial não teve alterações nos preços, permanecendo em R$ 6,80/R$ 7 o quilo.

Segundo informações do Cepea/Esalq, referentes à terça-feira (12), houve alta nas principais praças produtoras de suíno vivo acompanhadas pelo órgão.

No Rio Grande do Sul, a valorização foi de 3,97%, atingindo R$ 3,67/kg, aumento de 3,74% no Paraná, chegando a R$ 3,88/kg, e de 3,49% em santa Catarina, fechando em R$ 3,85/kg.

Em Minas Gerais, a alta foi de 2,97%, alcançando R$ 4,85/kg, e de 2,57% em São Paulo, com preço de R$ 4,39/kg.

(Notícias Agrícolas)




Entrevistas +

Noticias sectoriales

 
 

Cadastro Newsletter Suino Brasil Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies