Suíno: animal vivo segue com valorizações, assim como mercado independente



O mercado de suínos continua trazendo altas cotações para o animal vivo. De acordo com análise do Cepea/Esalq, com o mercado nacional voltou a se aquecer, e com as exportações em bom ritmo, isso tem sustentado o movimento de recuperação nos preços da carne e cortes, além de elevar a demanda dos frigoríficos.

Em São Paulo, de acordo com a Scot Consultoria, o preço da arroba do suíno CIF ficou estável em R$ 82/R$ 85, enquanto a carcaça especial permaneceu com preço de R$ 6,80/R$ 7 o quilo.

De acordo com informações do Cepea/Esalq, referentes à quarta-feira (13), apenas em Santa Catarina a cotação ficou estável, R$ 3,85/kg. Houve alta de 2,05% em São Paulo, chegando a R$ 4,48/kg, aumento de 0,62% em Minas Gerais, com valor de R$ 4,88/kg, valorização de 0,52% no Paraná, com preço de R$ 3,90/kg, e de 0,27% no Rio Grande do Sul, fechando em R$ 3,68/kg.

O suinocultor independente também viu os preços melhorarem nesta semana, com maior procura por parte dos frigoríficos por novos lotes para abate. (Notícias Agrícolas)



Noticias sectoriales

 
 

Cadastro Newsletter Suino Brasil Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies