Suíno: animal vivo segue com valorizações, assim como mercado independente



O mercado de suínos continua trazendo altas cotações para o animal vivo. De acordo com análise do Cepea/Esalq, com o mercado nacional voltou a se aquecer, e com as exportações em bom ritmo, isso tem sustentado o movimento de recuperação nos preços da carne e cortes, além de elevar a demanda dos frigoríficos.

Em São Paulo, de acordo com a Scot Consultoria, o preço da arroba do suíno CIF ficou estável em R$ 82/R$ 85, enquanto a carcaça especial permaneceu com preço de R$ 6,80/R$ 7 o quilo.

De acordo com informações do Cepea/Esalq, referentes à quarta-feira (13), apenas em Santa Catarina a cotação ficou estável, R$ 3,85/kg. Houve alta de 2,05% em São Paulo, chegando a R$ 4,48/kg, aumento de 0,62% em Minas Gerais, com valor de R$ 4,88/kg, valorização de 0,52% no Paraná, com preço de R$ 3,90/kg, e de 0,27% no Rio Grande do Sul, fechando em R$ 3,68/kg.

O suinocultor independente também viu os preços melhorarem nesta semana, com maior procura por parte dos frigoríficos por novos lotes para abate. (Notícias Agrícolas)




Entrevistas +

Noticias sectoriales

 
 

Cadastro Newsletter Suino Brasil Brasil

Tenha acesso a boletins de nossos especialistas e a revista digital.



logo

GRUPO DE comunicação agrinews

Política de Privacidade
Política de Cookies